Novembro 03 2009

O Campeonato Nacional de futebol, a não ser que forças muito poderosas se movimentem a favor da verdade desportiva, ficou sentenciado no Domingo passado. Não no fim, com a derrota do Benfica. Foi quando o "árbitro" mostrou um cartão amarelo na primeira falta banal cometida por Fábio Coentrão. O sistema está atento e não permitirá que o Benfica se destaque na classificação. Esse foi o primeiro sinal do que viria depois no jogo. Dualidade de critérios na amostragem de cartões, golo roubado ao Benfica, grande penalidade contra o Braga por mão na bola que ficou por assinalar. E se mais fosse preciso... Como virá a ser seguramente noutros jogos. Podem-se até inventar uns pénaltis a favor do Benfica naquela Taça da Lata que não interessa a ninguém, para depois justificar toda a pouca vergonha nos jogos que realmente contam. Até que a equipa desmoralize e desça de rendimento, para no fim parecer que a culpa foi dela e não daquele cartão amarelo, sinal de alarme que pôs o sistema em movimento.

publicado por cafe-vila-franca às 17:56

No Café Vila Franca, como nos cafés da trilogia de Álvaro Guerra, os personagens descrevem, interpretam e debatem a pequena história quotidiana da sua terra e, com visão própria, o curso da grande história de todo o mundo.
mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
23
25
26
27

29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO